Qual o ganho com o reuso da água

FacebookTwitterGoogle+Compartilhar

reuso_de_agua

Benefícios fiscais do reuso de água para retificadoras, oficinas mecânicas e lava- jatos.
aguaEntramos em 2015 com a noticia que um quinto da população brasileira já está sofrendo os efeitos da seca em todo o Brasil.

Levantamento feito com base em informações de comitês de bacias hidrográficas e governos estaduais mostram que ao menos 45,8 milhões de pessoas vivem em regiões em que os níveis dos reservatórios estão abaixo do normal e com quantidade de chuvas menor que a média histórica.

Os Estados que mais sofrem com o racionamento são o Sudeste e o Nordeste do país, com o racionamento em áreas urbanas, redução na irrigação de propriedades rurais e cancelamento da navegação ameaçando a produção industrial. Vários estados brasileiros já decretaram situação de emergência.

O momento é de reduzir o consumo ao mínimo, evitando gastar água em atividades supérflua. Lava-jatos, oficinas mecânicas, postos de gasolina, retificadoras e outros tipos de empresas são um dos lugares onde se é utilizada uma grande quantidade de água, que se torna esgoto, sendo despejadas nos mananciais da cidade.

Alguns dados alarmantes como água utilizada na lavagem de veículos que representa uma parcela significativa do consumo de água para uso doméstico. No Brasil, cerca de 32.700 postos de lavagem consomem 3,7 milhões de m3/mês, o equivalente ao consumo mensal de uma cidade de 600 mil habitantes.

As vantagens do reuso de água são muitas, e vão desde proteção dos mananciais, diminuição da demanda por água, menos poluição do ambiente com produtos químicos, até a redução dos gastos com a compra de água.

Alguns estados possuem incentivos fiscais para empresas que adotarem sistemas de reuso de agua. Alguns dos estados que regulamentaram leis especificas:

• Espírito Santo: Lei nº 9.439 de 03 de maio de 2010;

• Goiás:Lei nº 17.852 de 08 de março de 2012;

• Rio de Janeiro: Lei nº 6.034 de 08 de setembro de 2011;

• Paraná: SEMA nº 21/2011

A qualidade final do efluente tratado atende:

• Norma da ABNT NBR 13.969
• NBR 12.216
• CETESB (Art. 18 e 19)
• CONAMA Nº. 357/05 e Nº. 430/11

O momento é de reduzir o consumo ao mínimo, evitando gastar água em atividades supérflua. Uma delas é lavar o carro, maquinas, calçadas, etc.
O lava jato e postos de gasolina são um dos lugares onde se é utilizada uma grande quantidade de água, que se torna esgoto, sendo despejadas nos mananciais da cidade.
Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), cada ser humano consome em média 110 litros de água por dia (bebendo, suprindo necessidades básicas como higiene pessoal e limpeza de roupas.) Já a lavagem de um carro gasta em média, 300 litros.
Existem parâmetros para calcular:
• Automóveis: consomem de 150 A 300 litros por lavagem;
• Ônibus: consomem entre 250 a 500 litros por lavagem;
• Caminhões baú pequenos: consomem entre 250 e 400 litros por lavagem;
• Caminhões baú grandes: consomem entre 330 e 700 litros por lavagem
A água utilizada na lavagem de veículos representa uma parcela bastante significativa do consumo de água para uso doméstico. No Brasil, cerca de 32.700 postos de lavagem consomem 3,7 milhões de m3/mês, o equivalente ao consumo mensal de uma cidade de 600 mil habitantes.
O Sebrae aponta que instalar um lava-jato sustentável, além de ser bom para o meio ambiente, é um diferencial no mercado.
É possível a realização de um sistema de reuso de água para lavagem de veículos, tendo uma redução significativa na quantidade de água, energia e gastos, diminuindo o volume de efluente lançado.
Sistema de Reuso de água.
Uma das alternativas para este problema é o reuso de águas residuárias, que pode ser utilizado por variados segmentos, como o uso doméstico, industrial, comercial, entre outros.
Reuso é o sistema de utilização da água por mais de uma vez, tratada ou não, para o mesmo ou outro fim. Essa reutilização pode ser direta ou indireta, vinda de ações planejadas ou não.
Usando o sistema de reuso, a água passa pelo tratamento, que a torna adequada para ser reutilizada novamente na lavagem de automóveis, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros, menos para consumo humano ou animal.

ppa-ete

A Petropuro possui um sistema moderno de reuso de água que consiste em uma estação de tratamento compacta que é indicada para lava-rápidos, postos de combustível, oficinas mecânicas, usinas, empresas de transporte, e outras que façam uso constante.

Seu funcionamento garante a remoção dos sólidos, remoção de matéria orgânica, odores e desinfecção do efluente tratado.
Além de redução de custos com despesas de água de ate 50% na sua conta, e consciência ambiental reaproveitando 80% de água, sua grande vantagem é a menor área ocupada, a facilidade de operação, e o menor investimento num sistema eficiente de tratamento e reuso de água derivada de lavagens.
A Petropuro tem compromisso com o meio ambiente, disponibilizando produtos para ajudar na conservação do meio ambiente de baixo investimento, retorno rápido e fácil instalação.
Estamos a disposição para duvidas e sugestões.
Seja o primeiro a compartilhar a matéria no Facebook com seus amigos.

Vantagens do Diesel filtrado

Vantagens

O óleo diesel e as novas tecnologias utilizadas nos motores tem grande importância para o desenvolvimento do setor de transporte e da economia, bem como sua influência na saúde e no meio ambiente.

Com isso a importância dos postos de combustíveis oferecerem diesel de qualidade e equipamentos adequados para filtragem do óleo diesel.

O abastecimento com produtos inferiores ou contaminados pode comprometer o funcionamento dos veículos e causar problemas para os clientes do estabelecimento.

Na hora do abastecimento temos que considerar a qualidade do combustível e verificar se os postos de combustíveis contam com sistemas de filtragem eficazes que garantem a credibilidade do produto oferecido.

Algumas pessoas desconhecem a importância do óleo diesel filtrado. Mas porque ele precisa ser filtrado?

Para ter um bom rendimento do motor o funcionamento da bomba e o bico injetor precisam estar em perfeitas condições.

Qualquer irregularidade pode significar problemas, como falhas de injeção de combustível, normalmente provocadas por sujeira nas bombas e bicos injetores, causando desgaste das peças do motor, que fica desregulado e perde potência.

De onde vêm estas impurezas do óleo diesel?

As impurezas do diesel aparecem no transporte e armazenamento do diesel entre a refinaria, o tanque dos caminhões e o posto de combustível, o ar oxida alguns de seus elementos, a umidade do ar causa uma invisível porcentagem de água, as paredes dos tanques de armazenamento desprendem partículas sólidas , assim como outras causas de impurezas.

Os maiores benefícios do filtro de diesel são aos fatores ambientais, com a purificação do produto, a queima do combustível é melhor, resultando em menor consumo (km/l), em consequência menos poluição e menos manutenção dos veículos.

Com isso a importância da instalação em postos de combustíveis de filtros adequados como nosso filtro FICAP da Petropuro (tipo prensa), que faz a filtragem no momento do abastecimento, diferente do filtro prensa que primeiro filtra e armazena novamente o combustível.

O Filtro da Petropuro tipo PRENSA – FICAP e o SELCOM, são desenvolvidos para a filtragem do Biodiesel (S 10, S 500 e S 1800), utilizam elementos filtrantes de última geração.

Os filtro da Petropuro apresentam 3 estágios de filtragem, com retiradas de sólidos e 99% da água, proporcionando um Biodiesel livre de impurezas e de agua em um único equipamento, devido aos seus elementos especiais, desenvolvidos a partir de tecnologia americana de filtragem. Atende vazão de 6.000 lts/hora a 60.000 lts/hora.

Os Filtros da Petropuro tipo prensa tem sistema elétrico aprovado pelo CEPEL/INMETRO e certificação aprovada BRTUV em atmosférica explosiva.

O resultado é sempre um combustível limpo e puro para consumo imediato.

A Petropuro Comércio de Filtros Ltda, possui mais 30 anos de experiência no desenvolvimento de filtros para Combustíveis.

Em Novembro o diesel brasileiro terá 7% de biodiesel aumentando a preocupação com manutenção e eficiência do motor.

Biodiesel no Diesel

Começou a valer desde o dia 1º de novembro, a nova regra para a presença de biodiesel na mistura do diesel seguindo o exemplo do que já acontece em outros países. O biocombustível já correspondia a 5% do diesel que saía das bombas dos postos desde 1º de julho, quando passou para 6% , e agora passará a representar 7% da mistura do combustível na sua composição.

Com estas medidas do governo, estima-se que o aumento do consumo de Biodiesel no País pode subir dos cerca de 3 bilhões de litros para os 4,2 bilhões.

Conforme disse o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, o País deixará de importar 1,2 bilhão de litros de óleo diesel por ano com o aumento do uso de biodiesel.

De um lado, as usinas do setor ficam satisfeitas com a medida, mas há muitas opiniões diversas, devido à chance de aumento de problemas já apresentadas com o Diesel, como formação de borras nos tanques de combustíveis e entupimento de filtros.

Sendo um elemento orgânico, o biodiesel facilita a proliferação microbiana, afetando o desempenho dos motores. Aumentando a quantidade de biodiesel, aumenta também a quantidade de bactérias, que se alimentam da matéria orgânica do biodiesel.

Com a adição de biodiesel e diminuição do teor de enxofre, que seria o veneno, propicia um ecossistema favorável para o aumento significativo das bactérias, aumenta a formação de borra e o entupimento, consequentemente aumento de custos de consumo e manutenção dos motores.

Outro ponto preocupante é a estabilidade do biodiesel por ser biocombustível que se degrada rapidamente.
Apesar disso, é possível evitar o problema com medidas simples, como por exemplo, a instalação em postos de combustíveis de filtros adequados como nosso filtro FICAP da Petropuro (tipo prensa), que faz a filtragem no momento do abastecimento, diferente do filtro prensa que primeiro filtra e armazena novamente o combustível.

Os Filtros FICAP da Petropuro tipo PRENSA de alta vazão, desenvolvidos para a filtragem do Biodiesel (S 10, S 500 e S 1800), utilizam elementos filtrantes de última geração.

O Filtro TF-FICAP da Petropuro apresenta 3 estágios de filtragem, com retiradas de sólidos e 99% da água, proporcionando um Biodiesel livre de impurezas e de agua em um único equipamento, devido aos seus elementos especiais, desenvolvidos a partir de tecnologia americana de filtragem. Atende vazão de 9.000 lts/hora a 60.000 lts/hora. Filtro mais moderno do mercado
Os Filtros da Petropuro tipo prensa tem sistema elétrico aprovado pelo CEPEL/INMETRO e certificação aprovada BRTUV em atmosférica explosiva.

O resultado é sempre um combustível limpo e puro para consumo imediato.

Diferenças básicas entre Diesel S-10

Diferença
DIESEL S-10

Desde Janeiro de 2013 um novo combustível começou a chegar aos postos de combustíveis.

A PROCONVE 7 (Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores), criada pela CONAMA (Conselho Nacional de Meio Ambiente) com o objetivo de reduzir a emissão de poluentes dos veículos automotores e melhoria na qualidade dos combustíveis brasileiros aprovou algumas inovações.

E para que essas inovações tenham um correto funcionamento estes veículos devem ser abastecidos com óleo diesel com baixo teor de enxofre conhecido como Diesel S-10.

Este combustível de última geração já é utilizado na Europa e nos Estados Unidos.

O que significa “S-10”? O “S” vem de enxofre, e o número 10 mostra a quantidade desse elemento no combustível. O diesel S-10 contém 10 partes por milhão de enxofre (10 ppm= partícula por milhão de enxofre).

Foi criado para substituir o S-50 que entrou no mercado em 2012, desencadeado por um TSC (Termo de Ajustamento de Conduta), acordo judicial assinado em 2008, para reduzir drasticamente a poluição atmosférica.

NÍVEL DE POLUIÇÃO:

Possui menos partículas de enxofre, substância muito prejudicial ao ar e à saúde dos seres humanos e animais, sendo menos poluente que o S-50.

Redução de até 98% das emissões de óxidos de nitrogênio (NOx).

Possui o número de cetano de 48, superior 46 do S-50 e os 42 do S-500, garantindo uma redução de fumaça branca.

DURABILIDADE DO MOTOR:

O Diesel S-10 diminui a formação de depósitos e a ocorrência de desgastes no motor. Por te menos quantidade de enxofre aumenta a durabilidade do motor do ônibus ou do caminhão. Quanto menos enxofre, menor é o risco de corrosão.

Como o S-10 emite menos material particulado, que em contato com o calor do sistema e a umidade aumentam o risco de corrosão de peças e de boa parte do motor.

DESEMPENHO DO MOTOR:

O desempenho do motor do ônibus ou do caminhão é melhor com o uso do diesel S-10, pois o diesel passar por um refino diferenciado, aumentando o indicador de cetano.

Portanto quanto maior o nível de cetano, melhor a qualidade de ignição, melhorando a queima de combustível e a partida a frio, aumentando a vida útil dos óleos lubrificantes.

Comparando o nível de cetano do óleo diesel S-500 e S-1800 é de até 42. O óleo diesel S-50 tem cetano de 46 e o nível de cetano do diesel S-10 é de 48.

O diesel S-10, por ter um refino mais apurado, tem algumas características comparadas aos solventes. O óleo diesel S-10 tem uma quantidade maior de hidrogênio, o que confere esta característica.

EM QUAIS MOTORES PODEM SER USADOS:

Todos os veículos a diesel podem rodar com o S10, velhos ou novos. Entretanto, aqueles com o novo motor Euro 5 deverão abastecer somente com S10.

Os caminhões antigos fabricados antes de 2012 também podem usar o Diesel S-10. Mas os benefícios ambientais serão menores quando comparados com os que veículos P7 proporcionam, e até mesmo nulos no caso de veículos muito antigos. Nenhuma adequação é necessária nos veículos antigos.

ALTERAÇÕES SÃO NECESSÁRIAS PARA VENDER O S10?

O S10 requer tanques, filtros e bombas segregados. Quem já se adaptou para a chegada do S50, precisa apenas substituir esse produto pelo novo diesel. Aqueles que não vendiam o S50 devem segregar um tanque, uma bomba e um sistema de filtragem, além de realizar uma cuidadosa limpeza antes de receber o produto.
A Petropuro possui filtros adequados para seu posto vender o Diesel S10.

Sistema de reuso de agua em Lava jato

Lavagem

A agua é um bem finito, o insumo do século, se não for bem administrada poderá diminuir ao ponto decausar conflitos internacionais em razão de sua disputa.

Água é essencial para o funcionamento do corpo humano, a alma da continuidade da natureza. Imagine então sua importância para indústrias e empresas. Principal matéria-prima de alguns segmentos como lava jatos, lavanderias, laticínios e frigoríficos.

No território brasileiro estão localizadas as mais extensas bacias hidrográficas do planeta, mas muitas delas se encontram longe dos principais centros populacionais.

A qualidade da água vem sendo comprometida ano a ano pela poluição e contaminação dos mananciais, e a falta de gestão dos recursos hídricosbrasileiros vem aumentando a escassez.

A urbanização e industrialização desenfreada geraram um problema de oferta
e demanda destes recursos hídricos.

Todo dia nos principais jornais do Brasil se ouve a respeito da questão da escassez de água no sistema Cantareira, que vem sendo enfrentada como um subterfugio pelo governo do estado de São Paulo e pela SABESP, que negam a gravidade propondo um racionamento disfarçado culpando sempre a falta de investimentos.

O nível dos reservatórios dos dois maiores sistemas de captação do Estado de São Paulo, Cantareira e Alto Tietê, está abaixo de 20% da capacidade somada de ambos, e a previsão é que a forte estiagem dure pelo menos até outubro. Todos os outros estados brasileiros também sofrem com a escassez

O momento é de reduzir o consumo ao mínimo, evitando gastar água em atividades supérflua. Uma delas é lavar o carro.

O lava jato e postos de gasolina são um dos lugares onde se é utilizada uma grande quantidade de água, que se torna esgoto, sendo despejadas nos mananciais da cidade.

Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), cada ser humano consome em média 110 litros de água por dia (bebendo, suprindo necessidades básicas como higiene pessoal e limpeza de roupas.) Já a lavagem de um carro gasta em média, 300 litros.

Existem parâmetros para calcular:

• Automóveis: consomem de 150 A 300 litros por lavagem;
• Ônibus: consomem entre 250 a 500 litros por lavagem;
• Caminhões baú pequenos: consomem entre 250 e 400 litros por lavagem;
• Caminhões baú grandes: consomem entre 330 e 700 litros por lavagem

A água utilizada na lavagem de veículos representa uma parcela bastante significativa do consumo de água para uso doméstico. No Brasil, cerca de 32.700 postos de lavagem consomem 3,7 milhões de m3/mês, o equivalente ao consumo mensal de uma cidade de 600 mil habitantes.

O Sebrae aponta que instalar um lava-jato sustentável, além de ser bom para o meio ambiente, é um diferencial no mercado.

É possível a realização de um sistema de reuso de água para lavagem de veículos, tendo uma redução significativa na quantidade de água, energia e gastos, diminuindo o volume de efluente lançado.

Sistema de Reuso de agua.

Uma das alternativas para este problema é o reuso de águas residuárias, que pode ser utilizado por variados segmentos, como o uso doméstico, industrial, comercial, entre outros.

Reuso é o sistema de utilização da água por mais de uma vez, tratada ou não, para o mesmo ou outro fim. Essa reutilização pode ser direta ou indireta, vinda de ações planejadas ou não.

Usando o sistema de reuso de agua neste sistema, a água passaria pelo tratamento, que a tornasse adequada paraser reutilizada novamente na lavagem de veículos.

ETE

A Petropuro possui um sistema de reuso de água que consiste em uma estação de tratamento compacta é indicada para lava-rápidos, postos de combustível, oficinas mecânicas, usinas, empresas de transporte, e outras que façam uso constante de lavagem de veículos, máquinas e maquinários e peças.

Seu funcionamento garante a remoção dos sólidos, remoção de matéria orgânica, odores e desinfecção do efluente tratado.

Economia
O custo de implantação de um sistema de reuso de água depende do volume utilizado pelo cliente. O retorno do investimento é rápido, pois geralmente as despesas com água são altas e o empreendimento depende da concessionária local, poços artesianos e até de carros-pipa.
Sua grande vantagem é a menor área ocupada, a facilidade de operação, aeconomia de água e o menor investimento num sistema eficiente de tratamento e reuso de água derivada de lavagens.
Com a estação de tratamento de efluentes da Petropuro você vai reaproveitar 80% da água e vai ter uma economia de até 50% na sua conta de água.
Água do reuso é própria para os processos industriais, lavagem de automóveis, pisos, jardinagem, descarga de banheiros e outros. Menos para consumo humano ou animal.
Os produtosPetropuro traduzem o compromisso com o meio ambiente, disponibilizando um excelente produto para ajudar na conservação do meio ambiente de baixo investimento e retorno rápido. Garantimos eficiência e facilidades em instalar e operar.

Vantagens ambientais do uso do Biodiesel

Biodiesel 2

Biodiesel é um combustível biodegradável derivado de fontes renováveis como óleos vegetais e gorduras animais. Estimulados por um catalisador, eles reagem quimicamente com álcool.

Mas afinal quais são estes benefícios ambientais obtidos pela introdução do biodiesel na matriz energética do Brasil?
Benefícios do Biodiesel.

Dois principais motivos são considerados atualmente dos principais benefícios do biodiesel como importante fonte de energia: é o fato de ser considerada mais limpa fonte de energia e reduzir as emissões de GEE em relação aos combustíveis de petróleo diminuindo assim sua dependência.

Poluição do ar:

Com o uso do biodiesel estima-se uma redução de emissões dos gases do efeito estufa em torno de 70%, quanto de outras substâncias nocivas à saúde humana.

Durante sua reação de combustão a quantidade de dióxido de carbono liberada pela queima é bem menor do que aos combustíveis fósseis. Além de ser uma fonte de energia renovável.

As Culturas vegetais usadas na produção do biodiesel, proporcionam uma ótima absorção de CO2 da atmosfera.

O biodiesel permite que se estabeleça um ciclo fechado de carbono no qual o CO2 é absorvido quando a planta cresce e é liberado quando o biodiesel é queimado na combustão do motor.

Biodiesel emite 98% menos gás carbônico (CO²) que os combustíveis a base do petróleo.

O Biodiesel não é tóxico e é cem vezes mais biodegradável que o diesel fóssil, derivado do óleo cru.

Sua combustão não exala fumaça preta muito menos odores fortes.

O Biodiesel é um potencial efeito redutor de mortalidade, internações e tratamentos contra doenças ligadas à péssima qualidade do ar respirado nos grandes centros urbanos.

Organização Mundial da Saúde prevê que mais de 2 milhões de mortes prematuras por ano no mundo são causados pela poluição ambiental.

O uso do biodiesel evita a emissão de 65 mil toneladas de monóxido de carbono por ano ou até 100 mil toneladas do gás no mesmo período.

Poluição da agua:

O biodiesel ainda contribui para diminuição da poluição da água por ser produzido através do reciclo de resíduos de óleos utilizados em fritura, evitando o seu lançamento na agua.

Em geral 1 gota de óleo contamina 25 litros de água deixando-a impura para o consumo humano e aumentando a disseminação de doenças. As matérias de origem graxa são substratos para milhões de microrganismos patogênicos.

Poluição do meio ambiente:

O uso dos resíduos de cadeias afins, como o sebo bovino, frango e o óleo de fritura usado na fabricação do biodiesel diminuem o impacto da poluição ao meio ambiente.

Essas matérias-primas já foram muitas vezes descartadas de forma irregular no meio ambiente.

Em media 400 milhões de quilos de sebo são utilizados na fabricação de biodiesel, o que representa significativamente cerca de 20% da produção doméstica total do biocombustível.

Foram produzidas cerca de 40 milhões de litros de biodiesel produzidos a partir do óleo de cozinha no ano de 2013.

Sustentabilidade:

O Programa Nacional de Produção e Uso de Biodiesel (PNPB) é um programa do Governo Federal que tem como objetivo a implementação de forma sustentável, tanto técnica, como economicamente, a produção e uso do Biodiesel, com enfoque na inclusão social e no desenvolvimento regional, via geração de emprego e renda.

Biodiesel no Brasil

Biodisel no Brasil

A indústria de biodiesel tem crescido muito dentro da última década. A ANP ( Agência Nacional do Petróleo) prevê que a atual produção brasileira de biodiesel esta em torno de 176 milhões de litros anuais.

O uso do biodiesel vai atender a demanda para diferentes usos do mercado, ótima opção para diversidades regionais existentes ao longo de todo o território nacional.

O mercado vem mostrando um aumento do interesse por alternativas de combustíveis para substituir o óleo diesel mineral por causa da estabilidade e dependência do petróleo.
Junto da necessidade de reduzir a poluição ambiental aumentou a importância do uso destes combustíveis bem menos poluentes.

O Brasil atualmente é um dos maiores mercado mundiais de Biodiesel junto com a União Europeia e os Estados Unidos.
O Brasil hoje conta com uma indústria de biodiesel consolidada incluindo mais de 50 usinas capazes de produzir e comercializar biodiesel, com uma capacidade instalada superior a 6 milhões de metros cúbicos.
Mas afinal o que é biodiesel?

É um combustível renovável, uma alternativa aos combustíveis derivado do petróleo. Pode ser usado em carros e qualquer outro veículo com motor diesel. É um combustível que emite muito menos poluente que o diesel. Estimulado por um catalisador, ele reage quimicamente com álcool.

Existem hoje no Brasil diferentes espécies de oleaginosas que podem ser usadas para produzir o biodiesel. Entre elas estão a mamona, dendê, canola, girassol, amendoim, soja e algodão, girassol, babaçu, amendoim, pinhão manso. Fontes de origem animal, como o sebo bovino e gordura suína, também podem ser utilizadas na fabricação do biodiesel.

Esse biocombustível substitui total ou parcial (podendo ser misturado) o diesel de petróleo, em motores de caminhões, tratores, camionetas, automóveis e também motores de máquinas que geram energia.

A maioria dos veículos da frota da indústria de transporte e da agricultura usa atualmente o diesel.

O biodiesel substitui total ou em partes o óleo diesel mineral em motores ciclo diesel de automóveis ou estacionários. Ao substituir o óleo diesel parcialmente, o biodiesel é empregado como combustível complementar, que ajuda a reduzir as emissões de gases poluentes.

A mistura dos dois combustíveis (diesel e biodiesel) é conhecida pela letra B seguida pelo número correspondente ao percentual de biodiesel adicionado. Exemplo: uma mistura com 5% de biodiesel é chamada de B5, e assim sucessivamente, até o biodiesel puro, denominado B100.

Biodiesel e o Brasil.

Acompanhando o movimento mundial, o Brasil aumentou suas pesquisas no final da década de 1990 para os projetos destinados à pesquisa do biodiesel. No entanto, foi a partir do lançamento do Programa Nacional de Produção e Uso do Biodiesel (PNPB), em dezembro de 2004, pelo Governo Federal, que o biodiesel alavancou significativamente.

O Brasil já foi possuidor de uma patente de fabricação de biodiesel, registrada a partir de estudos, pesquisas e testes desenvolvidos na Universidade Federal do Ceará, em meados de 1970. Essa patente expirou, sem que o País adotasse o biodiesel, mas a experiência ficou e se consolidou ao longo do tempo.

O Brasil hoje conta com indústria de biodiesel consolidada, mais de 50 usinas estão aptas a produzir e comercializar biodiesel, com uma capacidade instalada superior a 6 milhões de metros cúbicos.

A ANP estima que a atual produção brasileira de biodiesel seja da ordem de 176 milhões de litros anuais.

A produção de biodiesel de Junho de 2014 foi de 237.585m³,2,0% segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais.

Vantagens do Biodiesel para o Brasil:

• Permite a economia de divisas com a importação de petróleo e óleo diesel.
• Reduz a poluição ambiental.
• Geração de alternativas de empregos em áreas geográficas menos atraentes para outras atividades econômicas.
• Promover a inclusão social com a disponibilização de energia elétrica e inclusão digital para comunidades isoladas, hoje de elevado custo em função dos preços do diesel.
• Redução da dependência das importações de petróleo, a chamada “petrodependência”.
• Aumento da participação de fontes limpas e renováveis em nossa matriz energética, somando-se principalmente à hidroeletricidade e ao álcool.
• O biodiesel emite 98% menos gás carbônico (CO²) o que o petróleo.
• O produto não é tóxico e é cem vezes mais biodegradável que o diesel fóssil, derivado do óleo cru.
• O biodiesel é um lubrificante melhor do que o diesel de petróleo, pois tem um alto poder lubrificante, mais viscosidade com menos desgaste do motor.
• Ele também tem um índice de cetano mais alto o que significa que é um melhor combustível dando aos motores mais torque.

Pontos de Parada: saiba onde parar para o descanso nas principais estradas paranaenses

Pontos de Parada: saiba onde parar para o descanso nas principais estradas paranaenses

Continuando nosso guia de pontos de parada na estradas brasileiras hoje seguimos com as principais rodovias paranaenses.

Confira as indicações do SOS estradas complementadas pela nossa equipe e tenha uma boa viagem!

Não se esqueça de que a lei 12.619/2012 estabeleceu algumas regras de descanso para motoristas de caminhões (pausa obrigatória de 11 horas para descanso noturno e intervalos de 30 minutos a cada 4 horas dirigindo). Aproveite e também faça pausas durante a sua viagem!

Filtrando notícias n.º41 – Seminário Internacional de Etanol de 2ª Geração, Caminhões ‘flex’ e Diesel S10 já representa 15% do mercado

Filtrando notícias n.º41 - Seminário Internacional de Etanol de 2ª Geração, Caminhões 'flex' e Diesel S10 já representa 15% do mercado

Seminário Internacional de Etanol 2ª Geração

Seminário Internacional de Etanol de 2ª GeraçãoSerá realizado nos dias 22 e 23 de outubro deste ano no Auditório Ulysses Guimarães do Palácio dos Bandeirantes em São Paulo, o Seminário Internacional de Etanol de 2ª Geração e Química Verde. O evento reunirá 30 expositores e três painéis coordenados por Luiz Custódio Cotta Martins, presidente do Fórum Nacional Sucroenergético, Manoel Ortolan, presidente da Orplana – Organização dos Plantadores de Cana da Região Centro Sul e Tonho Tonielo, presidente do CEISE Br – Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis.

Serão mais de 20 horas de networking estratégico e altamente qualificado. O público alvo do evento são empresários, investidores, pesquisadores, formadores de opinião e estudantes de graduação superior.

Os temas a serem discutidos envolvem: as novas tecnologias; os centros de pesquisa e desenvolvimento; a experiência e os resultados dos que saíram na frente; os empreendedores; as mudanças e os desafios; as oportunidades e o novo ambiente de negócios para investidores, produtores rurais e industriais.

Pontos de Parada: saiba onde parar para o descanso nas principais estradas paulistas

Pontos de Parada: saiba onde parar para o descanso nas principais estradas paulistas

Continuando nosso guia de pontos de parada na estradas brasileiras hoje seguimos com as principais rodovias paulistas.

Confira as indicações do SOS estradas complementadas pela nossa equipe e tenha uma boa viagem!

Não se esqueça de que a lei 12.619/2012 estabeleceu algumas regras de descanso para motoristas de caminhões (pausa obrigatória de 11 horas para descanso noturno e intervalos de 30 minutos a cada 4 horas dirigindo). Aproveite e também faça pausas durante a sua viagem!